Simulador gratuito projeta robô que evolui


Robôs que evoluem


"Em última análise, os robôs poderão ser capazes de gerar os seus próprios valores e desejos e, em certo sentido, terem suas próprias mentes."

A afirmação corajosa e desafiadora é do professor Eors Szathmáry, do Centro Parmênides para Fundamentos Conceituais da Ciência, em Munique, na Alemanha.

E não se trata apenas de ideias: Szathmáry é coordenador do projeto europeu Insight, que está adotando uma abordagem multidisciplinar para entender a cognição humana e aplicar as descobertas em sistemas de inteligência artificial.

Um dos frutos desse esforço é o Robogen, um simulador gratuito, de código aberto, que permite aplicar conceitos evolutivos para o desenvolvimento de corpos e de cérebros robóticos.

O objetivo completo do projeto é que qualquer pessoa possa usar o programa, projetar as peças necessárias para construir seu robô e fabricá-las usando uma impressora 3D.

Neurodinâmica darwiniana

A ideia de desenvolvimento de uma mente robótica foi reforçada depois que a equipe usou o simulador para testar hipóteses que aplicam a teoria darwiniana da evolução ao desenvolvimento cognitivo humano.

"As profundas semelhanças entre o pensamento e a evolução nos levaram a levantar a hipótese de que as adaptações cognitivas - obtidas pela seleção natural neuronal - são realizadas em tempo real nas redes neuronais do cérebro humano durante toda a vida. Nós chamamos este processo de neurodinâmica darwiniana," explica Szathmáry.

Depois de testar suas hipóteses em culturas de células, animais de laboratórios, voluntários humanos e robôs, e comparar os resultados com o simulador robótico, a equipe está chegando a conclusões impressionantes.

"Ao contrário da seleção artificial, que diz 'Esta é a sua função, isto é o que você deve evoluir', nós descobrimos que um robô pode se desenvolver do seu próprio jeito," diz o pesquisador.


Inteligência artificial


"As implicações desta pesquisa são de longo alcance," garante a equipe. "Uma reviravolta interessante pode ser que os processos evolucionários que acontecem no cérebro podem ser ainda mais poderosos do que na natureza, já que eles são modificados e guiados pela aprendizagem. Embora grande parte disto ainda seja especulativo - é necessário refinar e aperfeiçoar os modelos - o projeto começou a colocar carne sobre os ossos de uma teoria que pode um dia levar à autoaprendizagem das máquinas, sistemas de tradução mais inteligentes e transformar o ensino e a resolução de problemas."

Enquanto isso, os interessados podem fazer seus próprios testes no site do Robogen, no endereço www.robogen.org.



Featured Posts
Posts em breve
Fique ligado...
Recent Posts
Archive
Search By Tags
Nenhum tag.
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Social Icon
  • Black Facebook Icon

All rights reserved to NewTechLife®